Sunday, October 30, 2016

No segundo turno do Rio, comunistas fingem que são "católicos".

Bruno Braga.
Notas publicadas no Facebook.


I.

DENUNCIE!

Comunistas estão fingindo que são "católicos" para arrebanhar eleitores e somar votos para Marcelo Freixo, que disputa a prefeitura do Rio de Janeiro no segundo turno. Para enganar os fiéis e a população como um todo, os farsantes criaram um "movimento" chamado "Católicos/as com Freixo50" (Cf. imagem) [1], e promovem um candidato que levanta bandeiras escandalosamente contrárias à Igreja: Socialismo-Comunismo (Freixo é do PSOL) [2]; aborto (assassinato de crianças inocentes); legalização das drogas; ideologia de gênero gayzista; vandalismo criminoso dos Black Blocs; etc, etc. 

A trama já foi denunciada inclusive em nota oficial do Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, Orani João, Cardeal Tempesta [3]. Porém, os comunistas - os católicos de araque - são perseverantes, marcaram uma manifestação para hoje, 26 de outubro, convocada até por Chico Alencar - deputado federal do PSOL e "ministro" da Teologia da Libertação [4].

PS. "Petição ao Excelentíssimo Dom Tempesta para que aplique a Disciplina aos irmãos, principalmente os padres" [https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfX3BjFq3oOLVldYR55BzxwcNKJynxpP8JJO-FUT1A9y9sJcQ/viewform?c=0&w=1].

II.

No dia 26 de outubro, comunistas disfarçados de "católicos" se reuniram na Cinelândia (RJ) para arrebanhar eleitores para Marcelo Freixo. 

Veja a imagem I - com a presença do "ministro" da Teologia da Libertação, o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) [5]. Na imagem II, uma nota oficial do Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, Orani João, Cardeal Tempesta, que denuncia a trama dos farsantes para promover uma candidatura que contraria frontalmente os princípios e orientações da Igreja Católica [6].

III.

Ex-Secretário Executivo do Foro de São Paulo declara apoio a Freixo.

"Se fosse carioca, votaria em Marcelo Freixo" - afirmou Valter Pomar, o petista que esteve à frente da organização fundada por Lula e por Fidel Castro para transformar a América Latina na "Patria Grande" comunista. 

Cf. imagem [7].



REFERÊNCIAS.


[2]. Cf. "Um alerta aos católicos" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/05/um-alerta-aos-catolicos.html] - Sobre a possibilidade de excomunhão do fiel católico no caso de envolvimento com o socialismo e com o comunismo.  






ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "A 'prestação de contas' do ex-Secretário do Foro de São Paulo" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/05/a-prestacao-de-contas-do-ex-secretario.html].

Wednesday, October 19, 2016

O novo "Papa negro" flertou com a Teologia da Libertação.

Gabriel Ariza.  

Infovaticana, 17 de outubro de 2016. 
Tradução. Bruno Braga.


Arturo Sosa, novo superior dos jesuítas, escreveu em 1978 um artigo publicado na Revista SIC no qual estimava a postura dos cristãos que assumem a linguagem e a ideologia marxista, algo que, formulava ele, pode ser "necessário".

Nesse artigo, intitulado "A mediação marxista da fé cristã" ("La mediación marxista de la fe cristiana") [1], Sosa reflete sobre o tema a partir da experiência concreta e da realidade de grupos cristãos na Venezuela e na América Latina, que viviam sua fé no compromisso com a construção de uma sociedade socialista e que assumiam a linguagem e a ideologia marxista. 

A opção desses cristãos, assinala Sosa, levanta dois tipos de problemas: aqueles que se referem ao problema da mediação da fé pelas ideologias e situações históricas presentes e aqueles que se referem concretamente ao marxismo como ideologia transmissora da fé cristã

Sosa defende nesse artigo que "a fé cristã só é possível encarnada na história" e que ter fé é ter sido capacitado para uma relação com o Deus presente na história humana. Essa relação, observa Sosa, exige o movimento de sair de si mesmo, um ponto de vista que é o pobre e a condição de não ter nenhum outro fundamento que a palavra de Deus comprometida com a realização final da história. 

Também afirma que a fé cristã é uma fé mediada, já que a encarnação na história da relação com Deus e da fé cristã traz como consequência sua submissão a todas as mediações próprias da condição humana. Sustenta, ademais, que a estrutura da fé cristã não é contemplativa senão "práxica", e que a fé cristã é mediada por uma práxis histórica determinada.

"A fé cristã passa, portanto, por um compromisso de luta na realidade em que se vive, luta a favor dos mais fracos e com o objetivo de criar o homem novo. Exige uma mediação 'práxica'. Isto é o que fundamenta o compromisso revolucionário dos cristãos latino-americanos", ressalta Sosa. 

Esse artigo, portanto, descreve a fé cristã como encarnada na história e mediada pelo conhecimento e pela práxis dos cristãos em sua situação presente. Seguindo esse raciocínio, Sosa continua afirmando que a fé cristã se expressa em ideologias concretas de acordo com a opção que se toma, entendendo ideologia como "um sistema de meios e fins para enfrentar uma determinada época histórica e conduzi-la a uma meta". "Uma fé que não se encarne em ideologias se torna impraticável e, por consequência, inconsistente, fé sem obras, ou seja, fé morta", sustenta Sosa.

Essa relação entre fé cristã e ideologias, afirma o articulista, permite concluir "a legitimidade de uma 'ideologização' marxista da fé" e compreender a existência de cristãos que ao mesmo tempo se proclamam marxistas e se comprometem com a transformação da sociedade capitalista em uma sociedade socialista.

"Caberia perguntar se, além da legitimidade, seria possível postular a necessidade de uma mediação marxista da fé cristã na atual situação latino-americana e diante das alternativas históricas reais que possuímos na Venezuela", acrescenta nesse artigo publicado em 1978.

Frente a essa questão, Sosa assinala que a opção por uma mediação marxista da fé cristã se apresenta para muitos "grupos cristãos comprometidos com os oprimidos latino-americanos" na opção necessária. Mediação marxista que significa seu uso como método de análise da realidade e como inspiração do modelo socialista de sociedade que se pretende construir".

Sosa também defende que uma mediação marxista da fé promoveu no seu momento "um cristianismo criativo e encarnado na luta pelos mais pobres". Ele distingue, no entanto, entre "mediação" e "mediatização", e alerta para o perigo de cair em "mediatizações escravizantes" que convertam a fé em instrumento legitimador de uma situação sociopolítica concreta. "Uma mediatização marxista da fé cristã seria a pior instrumentalização que pode ser feita de uma religião", adverte.

Sosa reconhece, ademais, que a mediação marxista da fé cristã se apresenta "problemática" quando cai na tentação de apelar ao marxismo como um sistema filosófico capaz de explicar todas as coisas em suas últimas causas, quando se entende a luta de classes como única explicação do desenvolvimento da história, quando são ultrapassados os limites de uma ciência social ou projeto político.


REFERÊNCIAS.


ARTIGOS RECOMENDADOS.

I. Sobre os jesuítas.

BRAGA, Bruno. "Bibliografia. 'The Jesuits', Malachi Martin" [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/05/bibliografia-jesuits-malachi-martin.html].

II. Sobre a Teologia da Libertação.

PACEPA, Ion Mihai. "A KGB criou a Teologia da Libertação" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/01/a-kgb-criou-teologia-da-libertacao.html]. Tradução do Capítulo "Liberation Theology" (15), que é parte do livro "Disinformation": former spy chief reveals secret strategis for undermining freedom, attacking religion, and promoting terrorism (WND Books: Washington, 2013); 

______. "As raízes secretas da teologia da libertação". Trad. Ricardo R. Hashimoto. Mídia Sem Máscara, 11 de Maio de 2015 [http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/15820-2015-05-11-05-32-01.html]; 

______. "A Cruzada religiosa do Kremlin". Trad. Bruno Braga [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/04/a-cruzada-religiosa-do-kremlin.html];

. "Ex-espião da União Soviética: Nós criamos a Teologia da Libertação", ACIDigital, 11 de Maio de 2015 [http://www.acidigital.com/noticias/ex-espiao-da-uniao-sovietica-nos-criamos-a-teologia-da-libertacao-28919/]; 

Departamento de Estado dos Estados Unidos. Washington. D.C. "Ações ativas soviéticas: The Christian Peace Conference".  Trad. Bruno Braga. [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/07/christian-peace-conference-disseminacao.html]; 

NORRIS, Brian. "Crítica do "Christian Peace Conference". Trad. Bruno Braga [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/07/critica-do-christian-peace-conference.html].

Sunday, October 16, 2016

A Internacional Socialista e a Maçonaria.

Bruno Braga.
Material para estudo.


As revelações expostas aqui foram extraídas de uma carta de Paul Lafarge - genro de Karl Marx - a Emile Pouget - redator-chefe do "Voix du Peuple" - em 1908. Elas mostram como a Maçonaria serviu de modelo para a organização e funcionamento da Internacional Socialista e como a seita secreta exerce influência sobre os planos e esquemas comunistas.
"Que faríeis se viésseis a descobrir na Confederação Geral do Trabalho, uma sociedade secreta, ignorada pelos sindicatos e composta por alguns sindicalistas e burgueses, que fariam intrigas para que os sindicatos e a Confederação caminhassem sob as ordens de um Conselho secreto, residente no estrangeiro, cujos filiados, por ocasião da realização dos congressos sindicais e das sessões do Conselho Federativo, se reuniriam secretamente para adotar as decisões que deveriam ser votadas?"
O mesmo Paul Lafargue responde:
"A Aliança dos Irmãos Internacionais, sociedade secreta composta por alguns membros da Internacional e de burgueses, e fundada por Bakounine para fazer não a 'luta de classes', mas a 'igualdade das classes', que tinha comitês secretos na Itália, Espanha e Bélgica, foi organizada dentro da Internacional para dirigila segundo as instruções do Conselho Diretor da Suíça, onde reinava Bakounine. Os membros da Aliança decretavam em segredo as resoluções que os congressos e os Conselhos da Internacional deviam adotar".

(*) Texto extraído de DELASSUS, Henri. "A Conjuração Anticristã": o templo maçônico que quer se erguer sobre as ruínas da Igreja Católica. Bibliothèque Saint Libère, 2009 [Arquivo digital]. II, p. 61, nota 3. 


ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "A aliança entre a Maçonaria e o Comunismo". Material para estudo [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/05/a-alianca-entre-maconaria-e-o-comunismo.html].

______. "Antonio Guterres: ONU, Internacional Socialista, Maçonaria - aborto e gayzismo" [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/10/antonio-guterres-onu-internacional.html].

______. "O PT, Lula, o Foro de São Paulo e a Internacional Socialista" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/07/o-pt-lula-o-foro-de-sao-paulo-e.html].

______. "PSDB lamenta exclusão da INTERNACIONAL SOCIALISTA" (in "A hegemonia SOCIALISTA-COMUNISTA: o pacto entre o Foro de São Paulo e o Diálogo Interamericano" - Anexo I) [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/05/a-hegemonia-socialista-comunista-o.html].

Sunday, October 09, 2016

Antonio Guterres: ONU, Internacional Socialista, Maçonaria - aborto e gayzismo.

Bruno Braga.
Notas publicadas no Facebook.


I.

Antonio Guterres - provável novo secretário-geral da ONU - não é apenas o ex-Primeiro Ministro de Portugal. É membro histórico do Partido Socialista de seu país e ex-PRESIDENTE da INTERNACIONAL SOCIALISTA (1999-2005).

Na imagem abaixo, Guterres - acompanhado da então prefeita de São Paulo e petista, Marta Suplicy - parabenizam o ex-Presidente Luiz Inácio pelo seu aniversário, comemorado no XXII Congresso da Internacional Socialista, em 2003, na capital paulista.

(*) Na legenda da foto a grafia do nome está errada: trata-se de Antonio Guterres, não "Mario Guterrez".

II.

ANTONIO GUTERRES - nome aprovado pelo Conselho de Segurança para tornar-se secretário-geral da ONU - participa de consórcio GLOBALISTA: do CLUBE BILDERBERG.

Veja a imagem [1].


Figura emblemática do Partido Socialista de Portugal, Guterres foi Primeiro Ministro de Portugal e também PRESIDENTE da INTERNACIONAL SOCIALISTA (1999-2005) [2].



III.

"Maçonaria Portuguesa" parabeniza António Guterres por tornar-se secretário-geral da ONU. 

Veja a imagem [3].


A seita maçônica ainda reafirma o que um bocado de gente já sabe: "Os OBJECTIVOS das Nações Unidas SÃO OS MESMOS que a Maçonaria Universal preconiza desde há séculos" [4].

A relação de Guterres - Ex-Primeiro Ministro de Portugal - com a Maçonaria não é novidade: 
"Os membros da maçonaria TÊM MARCADO PRESENÇA NA DEFINIÇÃO DAS OPÇÕES DO PAÍS, em especial junto de GOVERNOS SOCIALISTAS [COMUNISTAS]. Há áreas em que os maçons actuaram desde sempre, como a administração interna e os serviços de informações, e outras em que a sua influência é grande. OS GOVERNOS DE ANTÓNIO GUTERRES SÃO UM EXEMPLO CLARO" [5].
E mais:
"VÁRIOS MINISTROS e SECRETÁRIOS DE ESTADO dos governos de ANTÓNIO GUTERRES pertenciam à LOJA MAÇÓNICA CONVERGÊNCIA, tantos que essa loja era conhecida entre os maçons como ‘gabinete’. A Convergência é um dos braços da ‘obediência maçónica’ designada como GRANDE ORIENTE LUSITANO" [6].
Este é Antonio Guterres - Ex-Presidente da INTERNACIONAL SOCIALISTA e ativo participante das reuniões do consórcio GLOBALISTA do CLUBE BILDERBERG [7] - o novo secretário-geral da ONU.

IV.

"El SOCIALISTA [COMUNISTA] ANTÓNIO GUTERRES seguirá el guión de la CULTURA DE LA MUERTE al frente de NACIONES UNIDAS". 

[...]

"Respecto a sus ideas, todo indica que VA A SEGUIR al pie de la letra la AGENDA en CONTRA DE LA FAMILIA que desde hace años impone EEUU a Naciones Unidas".

[...]

"Pero A PESAR DE SER CATÓLICO y de haber dicho que personalmente no está de acuerdo con el aborto, VOTÓ A FAVOR DE LA LEY DE 1984 QUE PERMITÍA ESTÁ PRÁTICA EN PORTUGAL. Lo cual da una idea de lo poco coherente que es".

[...] "Su AGENDA estará marcada por el APOYO al LOBBY GAY y al ABORTO, algo que DEFIENDEN TODOS LOS CANDIDATOS". 

[...]

Leia: "El socialista António Guterres seguirá el guión de la cultura de la muerte al frente de Naciones Unidas". Actuall, 05 de outubro de 2016 [http://www.actuall.com/democracia/antonio-guterres-otro-abortista-al-mando-de-las-naciones-unidas/]. 


REFERÊNCIAS.

[1]. "Reunião foi muito interessante". Correio da Manhã (Portugal), 01 de setembro de 2009 [http://www.cmjornal.pt/politica/detalhe/reuniao-foi-muito-interessante].

[2]. Cf. nota I.


[4]. Idem.

[5]. Cf. "As ligações poderosas da organização que não quer aparecer" - A Maçonaria por dentro. António José Vilela e Fernando Esteves. Doc. eletrônico, p. 02.

[6]. "RTP: Maçonaria infiltrou todos os governos da era democrática" [http://portugalconfidencial.com/2015/12/rtp-maconaria-infiltrou-todos-os-governos-da-era-democratica/].


ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "O PT, Lula, o Foro de São Paulo e a Internacional Socialista" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/07/o-pt-lula-o-foro-de-sao-paulo-e.html].

______. "PSDB lamenta exclusão da INTERNACIONAL SOCIALISTA" (in "A hegemonia SOCIALISTA-COMUNISTA: o pacto entre o Foro de São Paulo e o Diálogo Interamericano" - Anexo I) [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/05/a-hegemonia-socialista-comunista-o.html].

______. "A aliança entre a Maçonaria e o Comunismo". Material para estudo [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/05/a-alianca-entre-maconaria-e-o-comunismo.html].

______. "Maçonaria: Satanismo, Terrorismo e Política" [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/08/maconaria-satanismo-terrorismo-e.html].

Thursday, October 06, 2016

Ana Maria Braga, Fátima e a ideologia de gênero gayzista.

Bruno Braga.


Ana Maria Braga ostenta uma imagem de Nossa Senhora de Fátima sobre a sua mesa, e é conhecida por certa devoção à Santíssima Virgem, que apareceu aos três pastorinhos. Contudo, não raro a apresentadora da Rede Globo promove e celebra algo que contraria escandalosamente a fé católica e a extraordinária presença da Mãe de Deus em Portugal. Uma amostra disso - mais uma - foi ao ar no dia 29 de setembro. 

"Cronista do cotidiano". Ana Maria Braga chama Fernando Ceylão para apresentar a matéria "Crianças falam o que pensam sobre assuntos diversos". O repórter submete um grupo de pequeninos a uma série de perguntas, e uma delas era: "você vê algum problema de uma criança ser criada por dois pais ou duas mãe?" (Cf. imagem) [1]. 

Não é preciso muito esforço para identificar o condicionamento das crianças, o artifício rasteiro de utilizar o apelo que a imagem delas exerce sobre o telespectador e - como objetivo final - a promoção da ideologia de gênero gayzista. É o trabalho de Fernando Ceylão - o "cronista" de Ana Maria Braga que afirma: "Ninguém é mais hétero" [2].   

O próximo dia 13 de outubro marca os noventa e nove anos do "Milagre do Sol". O milagre prometido por Nossa Senhora "para que todos acreditem", testemunhado por milhares de pessoas em Fátima [3]. Em 1917, logo após a dança do sol, apareceu a Sagrada Família. Lúcia - a vidente - narrou assim aquele excepcional acontecimento: 
"Desaparecida Nossa Senhora, na imensa distância do firmamento, vimos, ao lado do sol, S. José com o Menino e Nossa Senhora vestida de branco, com um manto azul. S. José com o Menino pareciam abençoar o Mundo com uns gestos que faziam com a mão em forma de cruz" [4]. 
A mesma Lúcia, tempos depois - em uma carta ao cardeal Carlo Cafarra - alertou que o confronto final entre o Senhor e o reino de Satanás seria sobre o matrimônio e sobre a família.

Muito bem. Não se trata aqui de avaliar a fé uma pessoa. No entanto, parece claro que a imagem de Nossa Senhora de Fátima tornou-se simples adereço sobre a mesa de Ana Maria Braga ou objeto de uma devoção vazia. Diante dela se prega o que contraria a presença da Santíssima Virgem, de seu esposo e Filho em Portugal.  Se Ana Maria Braga e Fernando Ceylão se propuseram a utilizar a "ingenuidade" de crianças já condicionadas pelo "catecismo" de uma engenharia social e comportamental macabra, pelas câmeras, e com elas mostrar para o público que "dois pais" e "duas mães" - que o gayzismo - é algo muito "normal", seria interessante vê-los questionarem aqueles três pastorinhos, que, com Nossa Senhora e milhares de pessoas, estiveram diante da sagrada e verdadeira família. Certamente, a reação e a resposta deles seriam bem diferentes.


REFERÊNCIAS.

[1]. Cf. Programa "Mais você", 29 de setembro de 2016. "Crianças falam o que pensam sobre assuntos diversos" - Cena 2/5 - tempo [04:44] [http://gshow.globo.com/programas/mais-voce/episodio/2016/09/29/ana-maria-fala-sobre-pessoas-que-estao-sempre-jovens-e-recebe-o-elenco-do-musical-forever-young.html#video-5339790].

[2]. Cf. "'Ninguém mais é hétero', defende Fernando Ceylão". O Globo, 02 de abril de 2015 [http://blogs.oglobo.globo.com/gente-boa/post/ninguem-mais-hetero-defende-fernando-ceylao-564067.html].

[3]. "Em outubro farei o milagre, para que todos acreditem. E começando a elevar-se, desapareceu como de costume". Cf. "Memórias da Irmã Lúcia". Secretariado dos Pastorinhos: Fátima, Portugal. 13a ed., 2007. pp. 179-180. 

[4]. Idem, pp. 180-81.

ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "Fantástico adapta a 'família' à 'novilíngua' gayzista" [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/05/fantastico-adapta-familia-novilingua.html].