Wednesday, December 23, 2015

CNBB, "oficialmente" no governo comuno-petista?

Bruno Braga.
Nota publicada no Facebook.



No dia 18 de dezembro, o Chefe da Casa Civil - Jaques Wagner - visitou a sede da CNBB, em Brasília. O Ministro se encontrou com Dom Leonardo Ulrich Steiner - Secretário-Geral da Conferência dos Bispos - para fazer pessoalmente um convite: participar do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que voltará a se reunir no próximo ano (Cf. imagem) [1].


Caso aceite, a CNBB fará parte de um órgão de assessoria da Presidente Dilma Rousseff. Integrará, portanto, oficialmente o governo comuno-petista. Sim, é preciso dizer "oficialmente", porque - "paralelamente" - a Conferência dos Bispos colabora com ele há muito tempo.

A CNBB foi elemento fundamental na construção e ascensão do projeto de poder do PT e do Foro de São Paulo - sobretudo com o assalto promovido pelos "apóstolos" da Teologia da Libertação, a extrapolação de suas atribuições e o uso indevido, malicioso do nome da Igreja Católica - e está agora servindo como plataforma para defendê-lo e preservá-lo. As manifestações da CNBB contra o impeachment da Presidente Dilma são um escândalo [2]. Não apenas pela questão política. É a Conferência dos Bispos colaborando - mais uma vez [3] - com um esquema de poder criminoso, que contraria integralmente os princípios, a fé cristã.



REFERÊNCIAS.

[1]. Cf. Casa Civil, 18 de dezembro de 2015 [http://casacivil.gov.br/central-de-conteudos/noticias/2015/dezembro/wagner-convida-a-cnbb-a-reativar-o-conselho-de-desenvolvimento-economico-e-social-cdes].

[2]. Cf. "CNBB: na defesa da 'Patria Grande' comunista" [https://www.facebook.com/blogbbraga/posts/557653117716638]; "Conselho de seitas defende Dilma" [https://www.facebook.com/blogbbraga/photos/a.190586071090013.1073741828.184797238335563/559271514221465/?type=3&theater]; "Pastoral da Juventude protesta contra 'golpe'" [https://www.facebook.com/blogbbraga/photos/a.190586071090013.1073741828.184797238335563/561934847288465/?type=3&theater].

[3]. Uma iniciativa recente não pode cair no esquecimento: a proposta de reforma política encabeçada pela CNBB que, de forma camuflada, apliava e fortalecia o totalitarismo comuno-petista. Cf. "De mãos dadas pela reforma política comuno-petista" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/02/de-maos-dadas-pela-reforma-politica.html].

Sunday, December 20, 2015

Do teatro contra o impeachment ao dinheiro público que corrompe a inteligência, o coração e a fé.

Bruno Braga.


Em um post no Facebook, tomei uma publicação do site "Brasil 247" para tratar dos "artistas" e "intelectuais" que - sob a "liderança" de Leonardo, Genézio Boff - armaram no Palácio do Planalto um teatro contra o impeachment da Presidente Dilma. Observei ali que o site petista fora denunciado na Operação Lava-jato por ter recebido dinheiro do "Petrolão" - e deixei uma perguntinha: "quantos entre os tais 'artistas' e 'intelectuais' receberam - ou recebem - patrocínio da Petrobrás?" (Cf. anexo) [1].

Como são as coisas... - veja a imagem I - o próprio guru da patota é financiado pela empresa estatal! A Petrobrás e o Governo Federal - note, a "Pátria Educadora" comuno-petista - patrocinam o "Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis" (CDDH) [2], que tem como fundador e presidente, advinhe, o senhor Genézio Boff [3] (Cf. imagem II).


I.




II.



O apoio da Petrobrás ainda aparece no projeto "ArticulAção" [4], apresentado em tom de aparente legitimidade: prestar assistência social e educacional a crianças e jovens da periferia [5]. No entanto, qualquer um que passe os olhos no site do CDDH é capaz de identificar o seu verdadeiro propósito: conduzir os assistidos à colaboração militante através de determinadas "causas". A imagem em que uma bandeira do MST - do grupo de guerrilha do PT e do Foro de São Paulo - aparece estendida sobre a mesa de uma suposta reunião de estudos não foi colocada por acaso na capa do portal (Cf. imagem).


Se a constatação acima parece demais absurda e "conspiratória", basta acessar no site do CDDH a sua "Missão e Valores". Para exemplificar:

"f) Buscar PROMOVER A UNIDADE DE AÇÃO, entre os diversos movimentos comunitários locais, bem assim o FORTALECIMENTO dos MODOS de MANIFESTAÇÃO e ORGANIZAÇÃO populares, DANDO para tanto, seu RESPALDO e SUBSÍDIO" [6].

Muito bem. O senhor Genézio Boff já tentou se defender das acusações de que o CDDH "teria sido de forma corrupta beneficiado pelo governo federal  do PT" [7]. Ora, não é preciso entrar no mérito da origem ilícita, ou mesmo da sigla partidária do bem-feitor; fato é que o dinheiro está sendo empregado em atividades corruptoras. Não é aplicado para educar, mas para corromper a inteligência e o coração de crianças, jovens e adolescentes: instruí-los na ideologia da "luta de classes", maquiada com o selo de "direitos humanos" e até camuflada com o verde da defesa do "meio ambiente". O patrocínio da Petrobrás e do Governo Federal ainda é utilizado - uma vez que Genézio Boff é um dos mais ativos e influentes "apóstolos" da Teologia da Libertação - para corromper a fé cristã e assaltar sobretudo a Igreja Católica, instrumentalizando-as de forma sorrateira para a promoção do esquema de poder comuno-petista.


ANEXO.

Leonardo, ou melhor, Genézio Boff é um guru para certa "classe" de "artistas" e "intelectuais". E foi sob a "liderança" do "apóstolo" da Teologia da Libertação que eles montaram um teatrinho intitulado "manifesto em defesa da democracia e da legalidade". Uma encenação para dar apoio à Presidente Dilma Rousseff. 

 
O espetáculo grotesco aconteceu na quinta-feira, 17 de novembro, no Palácio do Planalto, e contou com a participação de sindicatos, entidades de classe, do movimento estudantil e até do grupo de guerrilha dos sem-terra. Os mesmos comunistas - subordinados ao PT e ao Foro de São Paulo - que no dia anterior foram às ruas vestidos de vermelho contra o impeachment da mandatária petista.

É importante verificar os nomes, identificar os militantes e "companheiros de viagem" que representaram o papel de "artista" e de "intelectual" com o objetivo de preservar um projeto de poder totalitário e criminoso - o projeto que os patrocina e sustenta com recursos públicos. 

As imagens e informações são do site "Brasil 247", site petista mantido com dinheiro do Petrolão e denunciado na operação Lava-jato. A propósito, quantos entre os tais "artistas" e "intelectuais" receberam - ou recebem - patrocínio da Petrobrás?


REFERÊNCIAS.





[5]. Idem.


Friday, December 11, 2015

China-CELAC: conciliábulo comunista em Pequim.

Bruno Braga.



A Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) está associada ao Foro de São Paulo, e com ele trabalha para a promoção de um projeto político comum: a transformação da América Latina na imensa "Patria Grande" comunista [1]. 

Por fidelidade a tal objetivo, os partidos ligados à CELAC se reuniram em Pequim, nos dias 08 e 09 de dezembro, para o "I Encuentro del Foro de Partidos Políticos China-CELAC" (Cf. imagem). O PT participou do evento, que definiu, entre outras questões, um intercâmbio com o Partido Comunista Chinês para quadros de formação política [2]. 

Wei Chang, diretor geral para a América Latina do Departamento Internacional do Comitê Central do PC chinês, explicou a importância do encontro e como ele irá influenciar os seus aliados - inclusive o partido que governa o Brasil: 

"Pela primeira vez trocaremos experiências no que se refere à CONDUÇÃO POLÍTICA e sua ADMINISTRAÇÃO, à GESTÃO DO ESTADO e, claro, de NOSSOS PARTIDOS POLÍTICOS, o que aprofundará a RELAÇÃO entre os GOVERNOS e os povos" [3].

A relação do Partido Comunista Chinês com os partidos que compõem o esquema de poder comunista na América Latina não começou com o "Foro de Partidos Políticos". É preciso recordar a sua participação efetiva - em oportunidade recente - do último encontro do Foro de São Paulo, realizado entre os dias 29 de julho e 01 de agosto deste ano, no México [4].


REFERÊNCIAS.

[1]. Cf. "Foro de São Paulo: confabulação comunista no México" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/08/foro-de-sao-paulo-confabulacao.html]; "Raúl Castro dá ao Papa uma "calurosa bienvenida" comunista" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/09/raul-castro-da-ao-papa-uma-calurosa.html].

[2]. Cf. "Foro integra a partidos políticos de China y Celac", El Telégrafo, 09 de dezembro de 2015 [http://www.eltelegrafo.com.ec/politica/item/foro-integra-a-partidos-politicos-de-china-y-celac.html]; "Primer Foro de Partidos Políticos China-Celac aprueba declaración", Prensa Latina, 09 de dezembro de 2015 [http://prensa-latina.cu/index.php?option=com_content&task=view&idioma=1&id=4419751&Itemid=1].

[3]. Cf. "China y Celac por una mejor conducción política de sus vínculos", Prensa Latina, 08 de dezembro de 2015 [http://prensa-latina.cu/index.php?option=com_content&task=view&idioma=1&id=4416951&Itemid=1].

[4]. Cf. "Foro de São Paulo: confabulação comunista no México", III [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/08/foro-de-sao-paulo-confabulacao.html].

Friday, December 04, 2015

RECID: "educação cidadã" e ideologização comuno-petista.

Bruno Braga.
Notas publicadas no Facebook.


I.

Roda de macumba? Não. Acredite, as imagens abaixo são do XIII Encontro Nacional da Rede de Educação Cidadã (RECID), que aconteceu há poucos dias, entre 26 e 28 de novembro.


Um amontoado de grupos comuno-petistas - MST, CUT, Levante Popular da Juventude, Marcha Mundial das Mulheres, etc. - se reuniu em um hotel de luxo de Brasília - coitadinhos, "pobres", "excluídos" e "marginalizados"... - para tratar da "Participação Social e Educação Popular na Pátria Educadora".

O RECID nasceu com a "benção" de Betto, o "apóstolo" da Teologia da Libertação que, fantasiado de "frei", parasita a Igreja Católica para promover o projeto de poder comuno-petista. Betto - uma espécie de "coroinha" do ditador cubano Fidel Castro - é co-fundador do Foro de São Paulo. Aliás, o encontro do RECID em destaque teve a participação de Renato Simões, agente da organização comunista e que atualmente ocupa a Secretaria Nacional de Participação Social da Secretaria Geral da Presidência da República.

Estes são os professores, pedagogos, os movimentos ditos "sociais" encarregados da tal "educação cidadã", que não passa de mais um slogan criado para maquiar a ideologização - com o dinheiro do contribuinte - promovida pela "Pátria Educadora" comuno-petista.


II.

Na "Pátria Educadora" proclamada pela Presidente Dilma Rousseff, a RECID (Rede de Educação Cidadã) é mais um esquema para promover - com dinheiro público - a ideologização comuno-petista nas escolas e nos ambientes de ensino e aprendizagem.

Não. Não é invencionice nem "teoria da conspiração". Quem afirma o nefasto objetivo é o próprio idealizador da RECID: Betto. O "apóstolo" da Teologia da Libertação, que parasita a Igreja Católica fingindo-se de "frei", o agente do Foro de São Paulo - organização fundada por Lula e por Fidel Castro para transformar a América Latina na "Patria Grande" comunista - explica em termos com notória influência da estratégia revolucionária gramsciana:

"Qual é a missão da RECID? [...] "A proposta da RECID é a SUBJETIVIDADE humana, é o CORAÇÃO e a CONSCIÊNCIA das pessoas. É justamente isso. A proposta da RECID é POLITIZAR, ORGANIZAR e MOBILIZAR as pessoas".

Assista ao vídeo [1].


REFERÊNCIAS.

[1] Discurso por ocasião do XII Encontro nacional da Rede de Educação Cidadão (RECID), que aconteceu entre os dias 04 e 08 de Dezembro de 2014, na cidade de Luziânia (GO).

LEITURA RECOMENDADA.

BRAGA, Bruno. "A 'pedagogia' do Foro de São Paulo" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/04/a-pedagogia-do-foro-de-sao-paulo.html].