Thursday, June 26, 2014

O decreto do Foro de São Paulo.

Bruno Braga.
 
 
 
 
O Foro de São Paulo realizou em meados de 2013 o seu XIX Encontro. A organização, naquele ano reunida na capital paulista, concentrou suas atividades em dois objetivos centrais, aprofundar as mudanças e acelerar a integração nacional. Uma síntese do que supostamente foram os resultados dos trabalhos está na "declaração final" do encontro. Um documento que fixa uma série de diretrizes para os seus membros. Uma, em especial - se relida hoje - chama a atenção:
 
[...] "Temos que REPOSICIONAR O ESTADO e APROFUNDAR a democracia, ASSEGURAR A HEGEMONIA e a estabilidade política para a realização das MUDANÇAS e GERAR NOVOS ESPAÇOS DE PARTICIPAÇÃO POPULAR NA GESTÃO PÚBLICA e no cumprimento dos direitos básicos da população" (Tradução livre do texto abaixo destacado) [1].


 
No tempo de sua publicação, essa diretriz parecia marcada por uma obscuridade insanável. O que seria propriamente "reposicionar o Estado" e como "gerar novos espaços de participação popular na gestão pública"? No entanto, o que antes era obscuro hoje aparece preenchido de sentido. Adquire forma e gera a espectativa de produzir efeitos com um ato presidencial: o decreto 8.243 [2].
 
Publicado no Diário Oficial da União no dia 26 de Maio de 2014, o decreto de Dilma Wanda pretende instituir a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social sob o pretexto de "fortalecer" e ampliar os mecanismos de participação da "sociedade civil" na administração pública (art. 1o) e "consolidar a participação social como método de governo" (art. 4o, I). A proposta pode parecer legítima, como um grande benefício para a "sociedade civil". Contudo, "sociedade civil" é apenas uma maquiagem para disfarçar os agentes que efetivamente irão representá-la: líderes, "coletivos" e "movimentos sociais" controlados ou ligados ao partido ou ao grupo político da Presidente da República e fartamente patrocinados com dinheiro público.
 
A inserção desses agentes nas instâncias decisórias da gestão e do estabelecimento de políticas públicas - em órgãos da administração pública direta e indireta, em agências reguladoras, conselhos, comissões, conferências, ouvidorias, mesas de diálogo, fóruns, audiências, consultas públicas - significa o aparelhamento da administração. Fere o sistema representativo nacional, atinge as prerrogativas do poder legislativo, composto por representantes, estes sim, escolhidos pela população através do voto.
 
Nestes termos, trata-se de fortalecer - não o poder discricionário do cidadão comum, ou da "sociedade" como um todo -, mas o projeto de poder de um grupo. O decreto de Dilma Wanda pretende subverter a ordem constitucional - "reposicionar o Estado", na expressão da diretriz supra citada - para tornar-se peça da ambição maior do Foro de São Paulo: promover o SOCIALISMO-COMUNISMO na América Latina. É o que estabelece a declaração final do XIX Encontro:
 
"Temos a convicção de que, continuando o aprofundamento das mudanças e acelerando a integração regional, podemos percorrer caminhos até o SOCIALISMO em nossa América Latina e no Caribe, o que seria uma obra original de nossos povos" (Tradução livre. O destaque é meu) [3].


 
Dilma Wanda é apenas um títere. Não só do seu partido, que é protagonista do Foro de São Paulo, mas da própria organização fundada por Lula e por Fidel Castro, que no encontro do ano passado decretou em seu "plano de ação": "aprofundar as mudanças onde governamos" [4]. Quer dizer, "nós" - o Foro de São Paulo - "governamos" o Brasil. Se o decreto 8.243 aparece como amostra clara desta determinação, a mensagem que Dilma Wanda gravou para o XIX Encontro do Foro de São Paulo é um sinal nítido de submissão. Porém, mais que servilismo pessoal, é a soberania de um país curvada às ambições de um grupo, a um projeto de poder continental, ao projeto de poder SOCIALISTA-COMUNISTA.

 Mensagem da Presidente Dilma. Cf. Canal oficial do Foro de São Paulo no Youtube [https://www.youtube.com/watch?v=koxbkQSF-sE].


 
NOTAS.
 
[1]. XIX Encuentro del Foro de São Paulo. Declaración final [http://peppersp.com.br/forodesaopaulo/?p=3030]. Download do documento em PDF [http://peppersp.com.br/forodesaopaulo/?dl_id=196].

[3]. Cf. Nota [1].
 
[4]. Cf. Documento "Plan de acción aprobado en el XIX Encuentro", Objetivos principales, ítem 2 [http://peppersp.com.br/forodesaopaulo/?p=3054].


Tuesday, June 17, 2014

Os "mascarados" agradecem.

Bruno Braga.
 
 
 
 
No dia 12 de Junho - dia da abertura da Copa do Mundo -, manifestantes tomaram as ruas de Belo Horizonte e tocaram o terror na capital mineira. Vandalismo, depredação do patrimônio público e privado. Um grupo de mascarados destruiu e virou uma viatura da polícia civil.

Fonte. Jornal Estado de Minas.

Participantes dessa selvageria foram detidos, e entre eles estava uma integrante do grupo Mídia Ninja [1].

Apesar de ser apresentado para o público como "jornalismo independente", o Mídia Ninja está ligado a promotores de protestos e manifestações. Desde a quadrilha de Black Blocs - com os quais, pelo seu ícone, tem uma curiosa semelhança pelas máscaras - a agentes, grupos e partidos políticos - como o PT, por exemplo (Cf. ARTIGOS RECOMENDADOS).

No episódio de Belo Horizonte, o Mídia Ninja comemorou a liberação de sua integrante e de outros detidos publicando uma nota de agradecimento. Entre os que lhes prestaram algum tipo de apoio ou de solidariedade estão políticos conhecidos como o deputado federal gay, Jean Wyllys (PSOL-RJ), Chico Alencar (PSOL-RJ), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), e políticos de nível municipal, como o vereador comunista da capital mineira, Gilson Reis (PCdoB), que é também presidente do SINPRO-MG (Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais) (Cf. imagem) [2].
 
 
A nota publicada pelo Mídia Ninja é sugestiva. Ela dá uma noção da rede que envolve o banditismo mascarado de protesto. As autoridades públicas deveriam investigar o grau de participação de cada um dos elementos que a compõe, porque, com o envolvimento de agentes, grupos e partidos políticos, não se trata apenas de baderna e vandalismo, mas de um projeto de poder. E pelas siglas que eles representam já se sabe qual é. 

 
NOTAS.
 
 
[2]. BRAGA, Bruno. "Sócrates morre outra vez" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/01/socrates-morre-outra-vez.html]; "Mulheres barbacenenses: instrumento para a propaganda PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/06/mulheres-barbacenenses-instrumento-para.html].


ARTIGOS RECOMENDADOS.
 
Revista Veja. "Quem é Pablo Capilé (O Ninja do PT)" [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/09/quem-e-pablo-capile-o-ninja-do-pt.html].
 
BRAGA, Bruno. "E as ligações do Mídia Ninja (Fora do Eixo) com os Black Blocs? Autoridades policiais, INTIMEM o Caetano!" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/02/e-as-ligacoes-do-midia-ninja-fora-do.html].
______. "A QUADRILHA Black Bloc e o 'apostolado da revolução'" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/02/a-quadrilha-black-bloc-e-o-apostolado.html].

Monday, June 16, 2014

PETISTA afirma: Nossa Senhora Aparecida é uma criação da Igreja Católica.

Comentário.
Bruno Braga.
 
 
 
Dimas Enéas, Dimas Enéas. Mais uma "pérola" do petista barbacenense, diretor municipal do SINPRO-MG (Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais) [1]. Em um artigo publicado no portal "Barbacena Mais", Dimas afirma o seguinte: "Assim como a Igreja Católica criou o mito imaginário de Nossa Senhora Aparecida, capaz de agregar em torno de si a fé de milhões de católicos fortalecendo assim o poder político institucional do Vaticano no Brasil, a República brasileira precisava de mitos, heróis e símbolos" [...] (Cf. "O mito e o feriadão de Tiradentes" [http://www.barbacenamais.com.br/colunistas/dimas-soares-ferreira/3635-opiniao-o-mito-e-o-feriadao-de-tiradentes-por-dimas-e-soares-ferreira]).
 
Não interessa discutir aqui o que se refere à República, mas o que diz respeito à Igreja Católica. Neste contexto, Dimas Enéas despreza a própria história de Nossa Senhora Aparecida, que tem início - conforme atesta registro documentado - na primeira metade do século XVIII. Dos pescadores que encontram a imagem da Virgem Maria, em 1717, à crescente devoção. Sendo assim, a Igreja Católica - nos termos em que denuncia o senhor Dimas Enéas - não poderia ter forjado nada para fortalecer o "poder político institucional" do Vaticano, porque, é preciso dizer ao articulista petista, o Vaticano foi fundado somente em 1929. E mais. Os fatos e eventos adquiriram dimensão grandiosa a partir da fé das pessoas. O que a autoridade eclesiástica fez - com atos solenes posteriores - foi simplesmente reconhecer o que já era cultivado no Brasil por décadas: a devoção a Nossa Senhora Aparecida.
 
Enfim, a afirmação do senhor Dimas Enéas é mais um equívoco para o seu currículo. Não é preciso muito para identificá-lo. Não é uma questão de ser ou não católico, nem de acreditar na intervenção da Virgem Maria nos fatos e eventos extraordinários que envolvem Nossa Senhora Aparecida. Um ateu com um pouquinho de conhecimento sobre o assunto e um mínimo de honestidade intelectual poderia muito bem reconhecer que esta história não é de forma alguma uma "criação" da Igreja Católica, como quer fazer passar o articulista petista e representante dos professores de Minas Gerais. 
 
 
Comentário publicado no Facebook em 16 de Junho de 2014.

NOTAS.
 
[1]. Para ler outros comentários sobre os artigos de Dimas Enéas acesse o link: [http://b-braga.blogspot.com.br/p/comentarios.html].

Tuesday, June 10, 2014

Jogando para o time adversário.

Bruno Braga.
 
 
 
 
Na foto, veja o entusiasmado do orador vestindo verde e amarelo. Parece "padre"? Não. E não é mesmo. É João, em mais uma de suas "peregrinações" por Barbacena-MG. Desta vez, por conta do "Encontro Macro Regional do Partido dos Trabalhadores", realizado no dia 07 de Junho.
 
João insiste em se apresentar como "padre". Aqui - às vésperas da abertura da Copa do Mundo - ele veste as cores da seleção brasileira de futebol. No entanto, ele joga pelo vermelho do SOCIALISMO-COMUNISMO. Não só por ser Deputado Federal pelo PT de Minas Gerais. João é um produto da Teologia da Libertação - um simulacro de teologia forjado para corromper a fé e instrumentalizá-la para promover um projeto de poder totalitário. Com isso, contraria - sem o menor pudor - os princípios e as orientações da Igreja Católica (Cf. NOTA).
 
E mais. João trabalha para um partido ABORTISTA. O PT - junto com fundações internacionais multimilionárias - está comprometido com a legalização do ASSASSINATO DE CRIANÇAS no Brasil. Nas últimas semanas, o país assistiu a mais uma investida ardilosa do governo PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA - com a publicação da Portaria 415, de 21 de Maio de 2014 - para concretizar esta ambição mórbida.
 
Enfim, não resta dúvida de que João - apesar de se apresentar como "padre" - joga para o time adversário. Porém, onde estão os padres de verdade para defenderem a própria meta? Para protegerem a própria Casa - a Igreja Católica - e os fiéis?

 
NOTA.

I. Congregação do Santo Ofício, 1949. (1) "É permitido aderir ao partido comunista ou favorecê-lo de alguma maneira? Não. O comunismo é de fato materialista e anticristão; embora declarem às vezes em palavras que não atacam a religião, os comunistas demonstram de fato, quer pela doutrina, quer pelas ações, que são hostis a Deus, à verdadeira religião e à Igreja de Cristo [...] (4) Fiéis cristãos que professam a doutrina materialista e anticristã do comunismo, e sobretudo os que as defendem e propagam, incorrem pelo próprio fato, como apóstatas da fé católica, na excomunhão reservada de modo especial à Sé Apostólica? Sim. - II. Congregação do Santo Ofício, 1959. "É permitido aos cidadãos católicos, ao elegerem os representantes do povo, darem seu voto a partidos ou a candidatos que, mesmo se não proclamam princípios contrários à doutrina católica e até reivindicam o nome de cristãos, apesar disto se unem de fato aos comunistas e os apoiam por sua ação? Não, segundo a diretiva do Decreto do Santo Ofício de 1o. de Julho de 1949, n.1 [3865]" (Cf. [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/05/um-alerta-aos-catolicos.html]).


ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "O 'apostolado' do SOCIALISMO-COMUNISMO em Brasília" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/03/o-apostolado-do-socialismo-comunismo-em.html].
______. "João e o seu 'apostolado da revolução'" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/05/joao-e-o-seu-apostolado-da-revolucao.html].
______. "O 'apostolado' do 'padre João' em Barbacena-MG" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/03/o-apostolado-do-padre-joao-em-barbacena.html].

Sunday, June 08, 2014

Os PSICOPATAS no poder.

Bruno Braga.
 
 
 

 
 
Como é possível que tipos tão grotescos tenham conseguido ascender até os altos escalões do poder público ou ocupar posições de referência intelectual e moral para a sociedade? Um Luiz Inácio, alçado à Presidência da República; um Dirceu, que tornou-se símbolo da juventude idealista e revolucionária; um Betto e um Boff, tomados - inclusive por sacerdotes e autoridades eclesiásticas - como modelos de santidade.
 
Não. Não é possível reduzir o problema a um fator eleitoral ou solucioná-lo apontando um intenso e febril trabalho de militância política - nem denunciar o esforço de rebaixar e adequar a fé a um projeto de poder totalitário. Não. Nenhuma destas tentativas esclarece completamente a questão. O que poderia ser justificado apenas como resultado da confusão dos tempos, o psiquiatra polonês Andrew Lobaczewski - sob a perspectiva da bio-psicologia - aponta como efeito da ação e da influência dos psicopatas.
 
Em "Ponerologia: Psicopatas no poder" [1], Lobaczewski apresenta as linhas gerais para a fundação de uma nova disciplina: a Ponerologia. "Poneros", em grego, quer dizer "o mal" - sendo a Ponerologia um estudo sobre a gênese do mal (p. 81). Porém, não se trata de um estudo amarrado às categorias morais. A Ponerologia, esclarece o psiquiatra polonês, deve estar assentada nos avanços objetivos da Biologia, da Medicina - da Psicologia Clínica.
 
O foco da Ponerologia é a pesquisa da Psicopatologia. Descrever os fenômenos patológicos característicos de determinadas pessoas que, apesar de formarem um grupo reduzido dentro do conjunto total da população, podem afetar de forma negativa a vida de centenas, milhares, milhões de seres humanos. São pessoas que apresentam desvios psicológicos Herdados ou Adquiridos, anomalias na Percepção, no Pensamento ou no Caráter - causados por alguma lesão no tecido cerebral ou por uma perturbação comportamental.
 
Lobaczewski então apresenta os traços essenciais da Caractereopatia - da Esquizoidia - e, sobretudo, da Psicopatia essencial. Faz a descrição dos tipos patológicos e demonstra o "processo ponerogênico", a forma como estes tipos avançam o seu domínio sobre as outras pessoas - por exemplo, confeccionando "ideologias" como "máscara de sanidade". Neste grau de influência, o fenômeno atinge a escala Macrossocial. Um período de hesterização generalizado, de crise espiritual da sociedade: o esgotamento dos valores morais, religiosos e ideativos que alimentavam as pessoas até então; o aumento do egoísmo, que quebra a ligação entre a obrigação moral e sua referência social; o domínio de assuntos sem importância nas mentes humanas; a atrofia da hierarquia de valores; e um governo paralizado (p. 152).
 
Eis o que produz uma PATOCRACIA. Um sistema de governo forjado por uma minoria patológica que assume o controle da vida de pessoas normais. Ocupam não só cargos políticos, mas posições de referência moral e intelectual - incluse nas salas de aula e nas cátedras universitárias como os "pedagogos da sociedade": pessoas fascinadas por suas idéias grandiosas, frequentemente limitadas e com alguma mácula derivada de processos de pensamento patológico, que se esforçam para impor suas teses e métodos, empobrecendo a cultura e deformando o caráter das pessoas (p. 55).
 
Lobaczewski viveu na Polônia subjugada pelo Comunismo. O seu trabalho - que contou com a colaboração de outros pesquisadores do Leste Europeu - é o resultado desta experiência. Da observação direta, das transformações geradas pelo totalitarismo soviético na vida e na mente dos seus compatriotas, e da análise dos ícones e líderes daquele projeto de poder totalitário. É assim que Karl Marx aparece como um exemplo de Psicopatia esquizóide; Lênin, uma amostra de Caracteropatia Paranóica e Stálin de Caracteriopatia Frontal. Nestes termos, o trabalho de Lobaczewski é fundamental, porque fornece uma chave para a compreensão da realidade brasileira e da América Latina - dominada pelos herdeiros e cultuadores dos psicopatas e das anomalias descritas pelo psiquiatra polonês. A influência deles sobre o conjunto da sociedade está à mostra: degradação cultural e intelectual; corrupção dos valores morais; desorientação e histeria generalizada; consumo desenfreado de drogas; taxa de homicídio exorbitante; caos social e o império da criminalidade. Isto é o suficiente para reconhecer a importância do trabalho de Lobaczewski. Não para produzir uma atmosfera tenebrosa e fomentar o desespero. É um passo inicial no esforço para amenizar este estado de coisas, pois a compreensão - semelhente ao processo da psicoterapia - é o princípio da cura da personalidade humana. E para recuperar um senso comum saudável - na esperança de destituir uma Patocracia - a busca da verdade é o melhor remédio.

 
Referências.

[1]. LOBACZEWSKI, Andrew. "Ponerologia": Psicopatas no poder. Trad. Adelice Godoy. Prefácio. Olavo de Carvalho. Vide Editorial: Campinas-SP, 2014.

Thursday, June 05, 2014

Curso GRATUITO de formação MARXISTA em Barbacena-MG: como se tornar um "IDIOTA ÚTIL" sem precisar pagar nada.

Bruno Braga.
 
 
 
 
 
O curso GRATUITO de formação MARXISTA é uma promoção do PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO (PCB) - "célula" Barbacena-MG - e será ministrado por um professor da Faculdade de Educação da UFMG que é Membro do Comitê Central do próprio PCB (Cf. foto).
 
 
Não é novidade para mais ninguém, e é perceptível para qualquer um que tenha pelo menos uma azeitona na cabeça, que a finalidade última de cursos deste tipo é arregimentar pessoas que de alguma forma possam contribuir com a pavimentação de um projeto de poder político. Elas são IDIOTIZADAS com uma IDEOLOGIA, com "CAUSAS" aparentemente nobres e sofisticadas que, não só determinam a sua compreensão da realidade, mas orientam o seu COMPORTAMENTO e as suas AÇÕES. Deste modo, tornam-se, ou MILITANTES efetivamente, ou - como um "IDIOTA ÚTIL" - disseminadoras de idéias e bandeiras ligadas ao partido.
 
O PCB faz parte do Foro de São Paulo - uma organização fundada por Lula-PT e por Fidel Castro para promover o SOCIALISMO-COMUNISMO na América Latina e que reune, além de partidos e movimentos da esquerda revolucionária, grupos de narco-guerrilheiros - como as FARC. A propósito, recentemente as FARC saudaram o PCB pelo seu XV Encontro Nacional, realizado em São Paulo (Cf. vídeo).
 

 
Enfim, se uma pessoa não quer se tornar cúmplice do GENOCÍDIO promovido pelo SOCIALISMO-COMUNISMO ao longo da história, ou, mais que isso, se não quer de forma alguma colaborar com um projeto de poder CRIMINOSO, faça algo melhor que frequentar um "curso de formação MARXISTA" - mesmo que ele seja GRATUITO.


 

ARTIGOS RECOMENDADOS.

 
______. "A delinquência sob o véu do heroísmo" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/11/a-delinquencia-sob-o-veu-do-heroismo.html].

Tuesday, June 03, 2014

Mulheres barbacenenses: instrumento para a propaganda PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA.

Bruno Braga.
 
 
 
 
O Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (SINPRO-MG) promoveu no dia 15 de Maio, em Barbacena, uma solenidade para homenagear as "mulheres de destaque na luta pela emancipação feminina". Às escolhidas concedeu a "Comenda Clara Zetkin". (Cf. BarbacenaMais, 22 de Maio de 2014 [http://www.barbacenamais.com.br/comunidade/3769]).
 
No entanto, as mulheres barbacenenses foram "agraciadas" com uma condecoração que faz referência a uma dirigente SOCIALISTA-COMUNISTA alemã. Clara Zetkin é frequentemente apresentada como figura ilustre do feminismo e idealizadora do Dia Internacional da Mulher (data que é cercada por polêmicas e carregada com fraudes históricas). Mas o objetivo dela - que era MARXISTA - era inserir a mulher na revolução do proletariado. Para isso, Clara Zetkin - corroborando a disparatada tese de Friedrich Engels - denuncia a FAMÍLIA como "uma das primeiras formas de exploração de classe": "na FAMÍLIA, o esposo representa a burguesia, e a esposa o proletariado". E acrescenta: "as investigações de Bachofen, Morgan e outros parecem provar que a REPRESSÃO SOCIAL DAS MULHERES coincide com a CRIAÇÃO DA PROPRIEDADE PRIVADA" (Cf. [http://www.marxists.org/portugues/zetkin/1896/10/16.htm]).

A cerimônia de "homenagem" às mulheres barbacenenses marcou ainda o lançamento do livro "Desvendando Minas: descaminhos para o projeto Neoliberal". Gilson Reis, um dos organizadores da publicação, fez a apresentação do livro ao público. Ele não é apenas presidente do SINPRO-MG. Gilson Reis é vereador em Belo Horizonte pelo PCdoB - PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL - e dirigente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), uma organização sindical SOCIALISTA-COMUNISTA.
 
Não tive a oportunidade de ler o livro organizado pelo vereador COMUNISTA. Porém, a julgar pelo slogan de militante estudantil grafado no título ("projeto Neoliberal"), parece que a leitura de Minas Gerais é marcada por uma chave IDEOLÓGICA, a mesma que certa vez ele mesmo utilizou para distorcer a história do filósofo ateniense Sócrates (Cf. BRAGA, Bruno. "Sócrates morre outra vez" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/01/socrates-morre-outra-vez.html]). 

Enfim, o pano de fundo da solenidade promovida pelo SINPRO-MG - que contou ainda com a participação do PETISTA Dimas Enéas, diretor municipal do sindicato - foi a autopromoção SOCIALISTA-COMUNISTA. É impossível determinar o grau de comprometimento de cada uma das mulheres barbacenenses homenageadas. Contudo, nos casos mais brandos, no mínimo passaram-se por "Polyeznyi" - como dizia Lênin, "idiotas úteis", que hipinotizados com o discurso e com a propaganda, com o prestígio e a notoriedade ardilosamente concedidos pelos revolucionários, servem apenas como instrumento para promoção das bandeiras, em última instância, do projeto de poder SOCIALISTA-COMUNISTA.
 
 
 
Nota publicada em 03 de Junho de 2014.